Pinturas

“Prometeu Acorrentado” é uma tragédia grega, atribuída a Ésquilo (525 AC-456 AC). Faz parte da trilogia composta também por “Prometeu Libertado” e “Prometeu Portador do Fogo”.

É comum conceder a pessoas que participam de guerras certas condecorações como forma de reconhecimento. No entanto, no quadro acima do alemão e antibelicista Otto Dix há uma indicação de que, apesar dos “prêmios”, a realidade pode ser bem menos glamourosa.

A pintura de Salvador Dali, ao mostrar uma rosa gigantesca suspensa no ar, parece demonstrar a quem a observa que certas coisas na vida não precisam de um porquê. Devem apenas ser contempladas, experienciadas, sentidas, vividas.

“Vanitas” vem do latim e significa vaidade, vacuidade. Na pintura do holandês Pieter Calesz, vê-se uma caveira, um relógio em meio a vários objetos amontoados num cenário com pouca iluminação e poucas cores. Enfim, o que é a vaidade humana diante da inevitabilidade da morte?

Página 3 de 6